Revista digital criada para discutir e desvendar a Baixada Fluminense

Edição VII

Edição VII

Janaina Tavares

A experiência com a fotografia de Janaina Tavares se desenvolveu quase em paralelo a uma jornada espiritual. Em 2015, a iguaçuana ganhou um prêmio de um edital do Ministério da Cultura, que usou para comprar uma câmera fotográfica profissional. Logo depois, ela embarcou em uma viagem missionária a Manari, no sertão pernambucano, onde teve um “encontro com o sagrado”. Foi lá que começou a trabalhar profissionalmente com o ofício e percebeu a fotografia como “possibilidade de registrar para além do que se vê”. Daí, seu caminho rumou para a fotografia documental, registrando o cotidiano em suas andanças pela cidade. Suas lentes costumam capturar pessoas comuns ao redor, de idosos a crianças, dos trabalhadores aos artistas de rua.

Janaina também é professora e pesquisadora. Formada em letras (português/espanhol), está cursando o mestrado em linguística aplicada na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Seu objeto de pesquisa é o Sarau V, o primeiro evento de rua desse tipo da Baixada Fluminense, que ela mesma organizou.

Instagram (pessoal) | Instagram (fotografia)


Índice – Edição VII

2. Poesia: “À beira do Sarapuí”, de Rennan Cantuária

3. Reportagem: Muito além da Supervia

4. Reportagem: Rodovias sob nova direção

5. Poesia: “Violência contra mulher”, de Kaká Freitas

6. Galeria: Beto Teixeira – desenho e assemblagem

7. Reportagem: Outros olhares para a cidade

8. Poesia: “Porções”, de Marlos Degani

9. Reportagem: Gramacho: a cidade do lixo parada no tempo a 30 km da praia de Copacabana

10. Galeria: Janaina Tavares – fotografia

11. Conto: “Metalinguagem”, de Gabriel Fontoura

12. Expediente

Navegue pela revista por meio das páginas abaixo ☟

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


%d blogueiros gostam disto: