search instagram arrow-down

Aos leitores

Douglas Mota

A sexta edição de BaixadaZine inaugura um novo momento para a revista. Você deve ter reparado que estamos com um site e um visual novos, e esta será a primeira edição na nova casa. Foram semanas de construção e aprimoramento para que os leitores tenham a melhor experiência de leitura e navegação em todos os dispositivos. Esta é, aliás, a maior e mais abrangente edição já publicada, e vem num momento de profundas transformações na Baixada Fluminense.

Contudo, um triste acontecimento ocorreu durante o processo de elaboração da revista: a perda de um dos maiores agentes culturais de nossa época, Rafael Diamante, neste começo de julho. Junto com a esposa, Anna, ele empreendeu projetos emblemáticos para a nossa região, como o importantíssimo Prêmio Destaq Baixada, que BaixadaZine cobriu em 2018 e 2019, antes de o evento precisar ser interrompido devido à pandemia. Na segunda edição da revista, publicamos um de seus contos, “Folia de Reis”.

Ainda em 2020,  havia combinado com Anna que desta vez publicaríamos um conto dela nesta edição. O selecionado foi “Tempestade”, uma amostra da potência representada pelo Casal Diamante. À Anna, nossos mais profundos e sinceros sentimentos. Esta edição é uma homenagem a Rafael Diamante e ao legado que deixa em nossa tão amada Baixada.

______

Nesta edição, resgato a história pouco conhecida da Condessa de Iguaçu, filha bastarda de D. Pedro I com a Marquesa de Santos que viveu onde hoje é o bairro de Comendador Soares, em Nova Iguaçu. Avançando quase dois séculos no futuro, listo alguns pontos sobre as mudanças no abastecimento de água e no saneamento de nove municípios da região, cujos serviços serão transferidos da Cedae para uma empresa privada. Também levantei a presença feminina das Câmaras Municipais da Baixada. Spoiler: seis cidades não elegeram uma vereadora sequer. Por fim, apresento a Rede Cultural de Duque de Caxias, um projeto inovador que responde ao impacto da pandemia no setor, do qual BaixadaZine faz parte como órgão de imprensa.

Tive a honra de conhecer e entrevistar a poeta Lírian Tabosa, de Nova Iguaçu, que nos cedeu duas poesias. Também integram a plêiade feminina desta edição Veronica Cunha, de Queimados, e Nice Neves, de São João de Meriti. Ainda nos honram com seu trabalho o iguaçuano de coração Silas Sena, o Sallis, que mostra sua arte em estilo lambe-lambe, e o fotógrafo meritiense Antonio Dourado, autor da capa desta edição.

Boa leitura!

Índice

2. Poesia: “Teia”, de Veronica Cunha

3. Reportagem: Uma quase princesa na Baixada: a história da Condessa de Iguaçu

4. Galeria: Sallis – lambe-lambe

5. Reportagem: Privatização dos serviços da Cedae: 6 perguntas sobre os impactos na Baixada

6. Poesia: “Recordando”, de Lírian Tabosa

7. Entrevista: Um papo com Lírian Tabosa

8. Poesia: “A santa hipocrisia”, de Lírian Tabosa

9. Reportagem: Uma vitrine para empreendedores culturais: Rede Cultural de Duque de Caxias

10. Galeria: Antonio Dourado – fotografia

11. Reportagem: Seis cidades da Baixada não elegeram vereadoras em 2020

12. Poesia: “Museu Nacional”, de Nice Neves

13. Conto: “Tempestade”, de Anna Diamante

14. Expediente

Navegue pela revista por meio das páginas abaixo ☟

This entry was posted in Revista.
%d blogueiros gostam disto: